Crise econômica e saúde mental

Estudo que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica que, em 2013, inicio da crise brasileira havia um universo de, em média, de 93 milhões de brasileiros empregados que sofriam de algum tipo de depressão ou de doenças crônicas, e um total de 61,8 milhões de pessoas que não trabalhavam, nem procuravam emprego. E na Pesquisa Nacional de Saúde 2013, o IBGE também constatou que a prevalência de três doenças crônicas com maior incidência na população (hipertensão arterial, colesterol alto e dor nas costas) é bem maior entre a população ocupada do que entre os desempregados. Na avaliação, Maria Lúcia Vieira - gerente de Pesquisas Domiciliares do IBGE, afirmou a maior incidência de doenças crônicas entre a população ocupada pode ter relação direta com a questão do estresse ocupacional.

Levando-se em consideração esses dados, chega-se a conclusão que um dos fatores principais, é que muitos profissionais, esgotados pelas atividades de rotina, deixam de se cuidar física e mentalmente, procurando uma ajuda apenas quando o problema se torna incontrolável e uma ação corretiva torna-se necessária.

Com a 'crise econômica' muitas empresas estão atribuindo a profissionais duas, três ou até mais funções, já que o acionista precisa garantir seus ganhos.

Um profissional responsável é aquele que cuida de sua saúde antes de assumir tais responsabilidades e tenha certeza de que estas responsabilidades não prejudiquem sua saúde, afinal, é preciso ter equilíbrio em tudo.

Ter a saúde física e mental em ordem vai garantir a base para que possa atingir seus objetivos, seja lá qual for

Ter uma rotina de exercícios que aliviem a tensão, boa alimentação e uma vida social saudável, reduzem demais o risco de entrar em depressão ou ter uma crise de panico

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2019 by Bru Matosn. Proudly created with Wix.com

  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook
  • Twitter